O perigo das redes sociais

O perigo das redes sociais

O perigo das redes sociais
Avalie este post

Orkut, Facebook, Drimio, Twitter, Habbo, …… São inúmeras as redes e cada uma com sua especificidade. Para as pessoas, um excelente meio para se relacionar, para as empresas, um super, hiper, mega, blaster local para encontrar seus clientes e prospects, relacionar e descobrir o que eles estão falando. E falam muito.


Vejo muitas agências e profissionais baseando-se apenas no que as pessoas estão falando nas redes sociais e acabam não indo a campo ver o que realmente estão experienciando no ato da compra ou consumo. Muitas vezes as redes estão certas sim, mas também podem ser influenciáveis e manipuladas por uma minoria que gosta ou não da marca, ou muitas vezes nunca utilizaram e/ou até mesmo concorrentes que criam perfis falsos para denegrir a imagem do outro.


Com certeza conseguimos obter muitas informações através delas, mas estas devem ser comprovadas em campo, não devemos ficar apenas atrás da tela do computador, conceito da web 1.o. Tenho realizado algumas ações na empresa em que trabalho atualmente e sempre que posso, estou junto ao meu público final para concretizar as idéias ou descobrir porque não teve o resultado esperado. Temos que escutar ele em diversas situações para depois dos fatos, tirar conclusões e elaborar projetos, pois não se pode agir sem passar ao menos 1 dia com o target. A internet não é o melhor local para se obter informações e sim o ÚLTIMO, pois antes dele postar algo, nosso público passou por diversas experiências até a postagem e devemos vivenciar todas e não apenas a última.


Deixe seus comentários abaixo:
Bruno Nogueira Pinheiro
Gerente de Marketing Digital

Ver post  Como conectar seu negócio ao seu cliente

More from my site

Bruno Pinheiro - Consultor de Marketing Educacional e Digital

Eu sou consultor de marketing digital e educacional. Tenho mais de 10 anos de experiência, e foco meu trabalho em resultados utilizando Agile Marketing.